JORNAIS ANTERIORES

Dezembro 2018 / Número 25

Dezembro 2017 / Número 24

Setembro 2017 / Número 23

Novembro 2014 / Número 22

Setembro 2014 / Número 21

Fevereiro 2014 / Número 20

Agosto 2013 / Número 19

Junho 2013 / Número 18

Fevereiro 2013 / Número 17

Setembro 2012 / Número 16

Junho 2012 / Número 15

Outubro 2011 / Número 14 / ESPECIAL 10º ANIVERSÁRIO

Março 2005 / Número 01



Março 2005 / Número 01


As Datas para as Inscrições para 2005/2006

O prazo para as inscrições ao programa de residência da Fundação Sacatar em 2005/2006 se encerrará no dia 11 de Abril de 2005, data da postagem das inscrições. Devido ao grande interesse em nosso programa, não avaliaremos inscrições tardias ou incompletas. As inscrições estão abertas a indivíduos e pequenos grupos em toda área criativa e de quaisquer países. Encontram-se maiores detalhes, inclusive o download do nosso formulário de inscrição, no site www.sacatar.org. Estas inscrições deverão ser enviadas diretamente para o nosso escritório nos Estados Unidos:

Sacatar Foundation / P.O. Box 2612 / Pasadena / CA 91102-2612 / EUA

Continuamos a oferecer duas bolsas por ano através do programa UNESCO/Aschberg. Este ano, as bolsas se destinam unicamente a artistas da África, Ásia ou o Pacífico. Uma bolsa será concedida em artes plásticas e a outra em teatro/performance/mamulengos. As inscrições para as bolsas da UNESCO/Aschberg se encerrarão no dia 30 de Abril. Encontram-se maiores informações no site da UNESCO www.unesco.org/culture/aschberg. Estas inscrições deverão ser encaminhadas para a nossa sede no Brasil:

Fundação Sacatar / Rua da Alegria 10 / Itaparica / BA 44460-000 / BRASIL

Há muitas outras oportunidades disponíveis ao redor do mundo através da UNESCO/Aschberg, cada qual com suas distintas restrições. Vale a pena conferir!

O Nosso Último Grupo de Fellows

Aqui chamamos carinhosamente de Fellows os artistas que residem na Fundação Sacatar. Os nossos últimos Fellows passaram uma temporada de 3 meses, do início de novembro de 2004 até o final de janeiro de 2005. Como de costume, foram cinco artistas:

Dilara Begum (Jolly) | Artista Plástica | Bangladesh
Imran Hussein (Piplu) | Artista Plástica | Bangladesh
Margot Leibman | Artista Plástica | EUA
Maureen Fleming | Dançarina | EUA
Muthukrishnan Ramalingam (Ram) | Artista Plástico | Índia

O resultado dos seus trabalhos foi visto na IV Mostra Internacional / Sacatar na Biblioteca e Centro Cultural Juracy Magalhães em Itaparica, Bahia, Brazil, com a abertura da exposição no dia 25 de Janeiro de 2005. A Jolly expôs quatro grandes painéis contra a guerra, enquanto o Ram, que é deficiente auditivo, mostrou vinte quadros entre todos que produziu, retratando as suas impressões da Bahia, contrastando as normas sociais brasileiras com as da Índia: muitas mulheres indianas vestidas em sáris contrapostas com mulatas gostosas em biquínis minúsculos. A Margot realizou diversas oficinas de pintura e escultura com as crianças da Oficina de Arte e do Centro Cultural Prole de Taparica, ambos na Ilha de Itaparica. O Piplu também trabalhou com e para as crianças de Itaparica. Ele mostrou as fantasias, monstros voadores, bebês-frutos e outras novidades que ele realizou pensando nelas. Maureen Fleming apresentou as suas coreografias derivadas do bhutô. A diretora da biblioteca é uma cristã evangélica fundamentalista, mas ela não estranhou a beleza da dança da Maureen, apesar de Maureen estar ‘vestida’ apenas com areia preta tirada da praia em frente a sede da Sacatar.

Maureen apresentou também outras coreografias no IV Painel Performático da Escola de Dança da UFBA, em Salvador, Bahia. Como resultado desta residência, a Maureen recebeu um convite do Mercado Cultural, um grande festival anual baiano que destaca teatro e dança e que se realiza em dezembro.

Sacatar crescendo…

As obras de ampliação da Fundação Sacatar iniciaram nesta segunda quinzena de fevereiro. O projeto principal, previsto para acabar no primeiro semestre deste ano, inclúi um pequeno edifício administrativo, dois estúdios para artes plásticas e uma nova e mais ampla oficina. O projeto arquitetônico prevê mais três estudios: um para um escritor, um para um músico/compositor e um para teatro e dança. A ampliação se desenvolve por volta do grande coqueiral ao lado da casa principal.

Não hospedaremos artistas durante a construção.

Intercâmbios Internacionais

A Fundação Sacatar realiza-se este ano os seus primeiros intercâmbios com outras residências internacionais: a Taipei Artists Village www.artistvillage.org e The South Project de Melbourne, Austrália www.craftvic.asn.au. Em ambos os casos, a Sacatar receberá um artista da instituição do outro país, que em troca hospedará um artista brasileiro.

A Taipei Artists Village premiou Iêda Oliveira, a primeira artista plástica baiana a expor na bienal de São Paulo em 2004. A residência de Iêda em Taiwan se realizará em Julho e Agosto de 2005. O artista taiwanês ainda não foi selecionado mas virá para Itaparica, Brasil, no final de 2005 ou no início de 2006. Os artistas premiados receberão passagem aérea, acomodação e alimentação.

A meta de The South Project é fomentar intercâmbios culturais através do hemisfério sul. O artista premiado da Austrália virá no final deste ano ou no início de 2006. O artista brasileiro participará de uma residência em Melbourne, Austrália, por dois meses durante o ano de 2006. Estão abertas as inscrições para a pré-seleção de candidatos do Brasil e os interessados deverão contatar a Sacatar no e-mail info@sacatar.org. Nomearemos candidatos também entre os artistas brasileiros que se inscrevem para o nosso programa residencial em Itaparica, Bahia.

Pretendemos estabelecer outros intercâmbios internacionais e estamos dispostos a falar com outras residências que possam fornecer o que nós fornecemos: passagens aéreas, atelier, acomodação e apoio logístico e alimentação. Intercâmbios Internacionais.

Completamos o nosso quarto ano de atuação. Já hospedamos mais de setenta artistas de quase trinta países. Muitos dos nossos Fellows já voltaram por conta própria para viver mais a magia da Bahia. Estamos gratos por tudo que conseguimos realizar neste curto período e felizes em poder compartilhar a Bahia com artistas do mundo inteiro.

Até mais, com novas noticias…
Tchau!