JORNAIS ANTERIORES

Setembro 2017 / Número 23

Novembro 2014 / Número 22

Setembro 2014 / Número 21

Fevereiro 2014 / Número 20

Agosto 2013 / Número 19

Junho 2013 / Número 18

Fevereiro 2013 / Número 17

Setembro 2012 / Número 16

Junho 2012 / Número 15

Outubro 2011 / Número 14 / ESPECIAL 10º ANIVERSÁRIO

Março 2005 / Número 01



 Agosto 2013 / Número 19

Cerimônia de culto aos Egunguns em Itaparica, Bahia, Brasil

 

NOVAS OPORTUNIDADES DE RESIDÊNCIA

SACATAR FELLOWSHIPS 2014 IN DANCE AND CHOREOGRAPHY

Programa em parceria com o Dance/USA Philadelphia destinado a dançarinos/coreógrafos com residência legal nos EUA. Clique aqui e saiba como se candidatar.Inscrições: até 16 de setembro de 2013 LADCA CULTURAL EXCHANGE INTERNATIONAL FELLOWSHIP 2014Programa em parceria com o Los Angeles Department of Cultural Affairs destinado a artistas residentes no Condado de Los Angeles, EUA. Clique aqui e saiba como se candidatar.Inscrições: até 14 de outubro de 2013 UNESCO-ASCHBERG BURSARIES FOR ARTISTS PROGRAMME 2014Programa em parceria com a UNESCO-Aschberg com bolsas em Literatura, Artes Visuais e Música/Composição, destinada a artistas entre 25 e 35 anos, nascidos e residentes na África, no Oriente Médio, Ásia, Rússia, ex-Repúblicas da União Soviética, Austrália, Nova Zelândia e/ou Ilhas do Pacífico. Clique aqui e saiba como se candidatar.Inscrições: até 14 de outubro de 2013

PARA TER UMA IDEIA DE COMO É UMA RESIDÊNCIA SACATAR (ou se você é um ex-residente do Sacatar e deseja reviver sua experiência através dos olhos de outro artista), assista a este pequeno vídeo-diário criado por MATT SHERIDAN (EUA, 2012), vídeo artista que veio ao Sacatar,entre outubro e dezembro de 2012, graças à parceria com o Los Angeles Cultural Affairs:
www.youtube.com/watch?v=fclb4VTwnAEouvimeo.com/72437561



BIENAL DO MERCOSUL RESIDÊNCIA ARTÍSTICA NO SACATAR

 

Este programa é destinado apenas aos artistas participantes da 9ª Bienal do Mercosul / Porto Alegre. Artistas brasileiros e internacionais já selecionados para a bienal terão a oportunidade de se candidatar, através deste programa, a uma residência na sede à beira-mar do Sacatar, na ilha de Itaparica, Bahia, Brasil. Através desta parceria entre a Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul e o Instituto Sacatar, serão concedidas duas bolsas: uma para um artista brasileiro e outra para um artista estrangeiro. A residência, de oito semanas, está prevista para acontecer no período de 04 de agosto a 29 de setembro de 2014. INSCRIÇÕES ATÉ 31 DE AGOSTO DE 2013.

 


SESSÃO DE MAIO/JUNHO DE 2013:

Veja abaixo um resumo das atividades de nossos residentes de maio e junho de 2013.  Para saber mais sobre as experiências destes e de outros Fellows, contadas em suas próprias palavras, basta acessar a página ALUMNI e clicar no nome do artista.

Daniel ensaiando para a apresentação ao final da residência © 2013, Alex Esquivel

DANIEL GWIRTZMAN
(EUA) Durante sua segunda residência no Sacatar, Daniel trabalhou em um projeto centrado na criação de coreografia para vídeo interagindo com o ambiente tanto natural como humano na Bahia e deu oficinas de dança para estudantes locais. O residente também trabalhou em colaboração com o Balé Folclórico da Bahia, resultando em uma troca de técnicas entre o artista e os dançarinos da companhia. Ao final da sessão, Daniel realizou uma performance na sede do Instituto com a colaboração de alguns dançarinos profissionais e outros entusiastas tanto de Salvador quanto de Itaparica.
MAGNOLIA WILSON (Nova Zelândia) A escritora veio ao Sacatar para trabalhar em um projeto baseado na pesquisa dos rituais locais ambientados na comunhão com os mortos, traçando um paralelo na forma com a qual diferentes culturas lidam com a morte. Durante a sessão, este projeto passou a abordar a aceitação do incomensurável, representada pela figura do Egum, no qual o mistério intrínseco da figura empolga mais ainda ante a dúvida racional de haver ou não a presença de alguém sob os panos. (Assista o vídeo de MATT SHERIDAN, citado acima, caso você não saiba o que é o culto as Eguns, uma prática religiosa que, no Brasil, tem sua matriz na ilha de Itaparica.) Magnolia veio Sacatar através do UNESCO/Aschberg Bursary Programme.
NERIZE PORTELA (Brasil) A artista brasileira utilizou elementos da cultura baiana para criar uma animação. A Fellow criou também outros vídeos com duas mulheres da comunidade local: D. Domingas e Dedéa. Após a residência no Sacatar, Nerize pretende desenvolver ainda outro projeto que diz respeito ao dia-a-dia de pessoas da Ilha e sua relação com o mar e a natureza, seja através da luta pela sobrevivência ou através de suas representações e crenças. Nerize veio ao Sacatar como vencedora do Prêmio de Residência oferecido na Bienal do Recôncavo, São Félix, Bahia, Brasil.

TENDAI HUCHU (Zimbábue>Escócia) Tendai veio a Itaparica para começar a escrever um novo romance, que decolou em uma direção completamente diferente durante a sessão de residência. Nas três primeiras semanas, o residente escreveu dois contos que ele logo vendeu. (Antes de vir ao Sacatar, Tendai tinha publicado apenas dois contos em dez anos.) O artista veio ao Sacatar através de uma parceria com o Africa Centre, África do Sul.


Veronny Odili durante apresentação em Salvador, Bahia, Brasil © 2013

VERONNY ODILI (Nigéria) A cantora e compositora Veronny Odili veio com a intenção de combinar a música da sua terra natal com os sons da Bahia. Inicialmente ela preferiu focar na composição de novos trabalhos, mas ao final das contas, Veronny colaborou com um produtor de Arembepe e com uma banda de funk afrobeat Ijesha em Salvador. O contato com músicos locais resultou em planos para futuros intercâmbios e colaborações. Veronny veio Sacatar através do UNESCO/Aschberg Bursary Programme.


‘Levitation Project’, trabalho criado durante a residência no Sacatar  © 2013, Vilma Samulionyte

VILMA SAMULIONYTE (Lituânia) Vilma trabalhou em quatro projetos diferentes, durante sua estada no Sacatar. Para o primeiro projeto, já desenvolvido na Lituânia e Arábia Saudita, a artista tirou fotografias de locais onde são realizados casamentos em Salvador e Itaparica. O segundo, intitulado “camera obscura”, consistiu em utilizar um dos estúdios do Instituto como uma câmera escura, para fotografar pessoas diversas, mesclando as imagens produzidas. O terceiro projeto ela chamou de “levitation project” e era composto por uma série fotográfica que, na sequência produzida,  simulava a sua própria levitação em diversos locais. O último projeto tinha o objetivo de registrar o ciclo das marés e foi apresentado ao final da sessão de residência. Vilma também veio ao Sacatar através do UNESCO/Aschberg Bursary Programme.

Dia de Estúdio AbertoNa tarde do dia 28 de junho de 2013, o grupo de residentes da sessão de Maio/Junho abriu as portas de seus estúdios para a comunidade baiana conferir de perto seus trabalhos realizados durante a residência. No entardecer houve uma apresentação de dança coordenada por Daniel Gwirtzman e que contou com a participação de Veronny Odili e dançarinos locais. Nerize Portela e Vilma Samulionyte também projetaram trabalhos realizados durante a residência.

SESSÃO DE JULHO/SETEMBRO DE 2013:


Ensaio dos coreógrafos Anani Sanouvi e Roseli Paraguassu © 2013, Mimi Ng’ok
O nosso grupo atual de residentes chegou no dia 15 de julho e ficará no Sacatar até 9 de setembro. Os seis artistas atualmente em residência são: o artista visual MARK STEVEN GREENFIELD e a fotógrafa APRIL BANKS, ambos dos EUA; a curadora nigeriana e fundadora do Center for Contemporary Art, Lagos, Nigéria, BISI SILVA; a fotógrafa queniana MIMI CHERONO NG’OK; e o artista visual francês WILLIAM WILSON. Todos foram selecionados através do Processo Seletivo Geral Sacatar 2012-2013. Fechando o grupo, temos o dançarino e coreógrafo togolês ANANI SANOUVI, que veio ao Sacatar através de uma parceria com o Africa Centre, na Cidade do Cabo, África do Sul.

MOSTRA DE PORTFÓLIOS VISIO

Durante a 5ª edição da Mostra de Portfolios VISIO, no dia 24 de julho de 2013, o atual grupo de residentes do Sacatar apresentou à comunidade artística de Salvador seus trabalhos e aspirações para a sessão de residência. Realizado no auditório do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), as apresentações visam facilitar a colaboração entre os residentes do Sacatar e artistas locais. Ao final das apresentações de portfólios, o dançarino e coreógrafo ANANI SANOUVI realizou o trecho de uma coreografia criada durante seus primeiros dias no Sacatar. Os ex-residentes KOSTANA BANOVIC (Bósnia>Holanda, 2006) e SCOTT BARTON (EUA, 2008) fizeram parte da plateia presente ao evento. Essas mostras de portfólios foram possíveis graças à iniciativa da Conselheira Eneida Sanches e da inestimável parceria com a artista e diretora do Atelier Coletivo VISIO, Andrea May, além do apoio do MAM, que graciosamente cedeu o espaço para a realização do evento. Devido a reformas no MAM no mês de outubro, a próxima edição da Mostra de Portfólios VISIO acontecerá no Instituto Cultural Brasil-Alemanha, no dia 30 de outubro de 2013.

 

NOTÍCIAS DE NOSSOS FELLOWS

 

Segue uma pequena amostra da diversidade de atividades desenvolvidas pelos artistas que já passaram pelo Sacatar, que inclui alguns projetos iniciados durante as suas residências. Lamentamos não poder publicar todas as notícias, mas gostamos de saber das novidades de nossos ex-Fellows. Não deixem de manter contato! Clique no nome dos residentes abaixo para acessar suas páginas ALUMNI em nosso site, onde você encontrará depoimentos sobre as suas experiências no Sacatar.

BARB CERVENKA (EUA, 2000) foi uma das “cobaias”, no ano de 2000, que nos ajudaram a testar o Sacatar antes do início de nosso programa de residência em setembro de 2001. Barb e Mame Jackson realizaram a curadoria da exposição Bandits & Heroes, Poets & Saints, Popular Art of the Northeast of Brazil, que pode ser vista no Charles H. Wright Museum of African American History até 05 de janeiro de 2014. Para conhecer um pouco sobre a exposição, acesse:http://thewright.org/explore/exhibitions/645-bandits-and-heroes-poets-and-saints-popular-art-of-the-northeast-of-brazil

CHERYL STRAYED (EUA, 2003) concedeu recentemente uma entrevista à revista ‘Marie Claire’ e falou sobre seu segundo livro, Livre (Wild em Inglês), que conta a aventura da artista ao caminhar do México ao Canadá, seguindo a trilha chamada Pacific Crest Trail pelas montanhas do oeste americano. Livre tem ocupado o topo da lista dos best-sellers nos Estados Unidos já faz alguns meses. A ex-residente do Sacatar anunciou também a sua vinda ao Brasil no final de agosto para lançar o seu novo livro Pequenas Delicadezas (Tiny Beautiful Things em Inglês) durante a Bienal do Livro, no Rio de Janeiro.

EJ LEVY (EUA, 2006) vai se casar em 28 de setembro e está esperando seu primeiro filho para o novo ano, eventos que confirmam a profecia que ouviu durante a residência Sacatar, onde conheceu “uma maravilhosa Mãe de Santo em Itaparica (Dona Benedita), que previu que eu não deveria casar com meu parceiro à época, mas que –depois de muito tempo (Vai demorar muito)– eu encontraria outro com quem eu casaria e teria um filho. Tudo o que está acontecendo agora”. Seu primeiro livro de contos, Love, in Theory, concluído no Sacatar, ganhou o Flannery O’Connor Award em 2012 e recebeu o prêmio ForeWord Book of the Year Award em 2013. Em 2014 será publicada uma edição em francês do livro. “A Bahia é mágica; o Sacatar mudou a minha vida.”

FRED MARTIN (França, 2013) apresenta o seu trabalho, incluindo obras criadas durante a residência no Sacatar, no Atelier IPN na cidade de Lille, França, entre os dias 14 de setembro e 09 de novembro.

GIOVANA DANTAS (Brasil, 2007 e 2010) leva sua vídeoinstalação Insustentável Leveza para exposição na Caixa Cultural, em São Paulo, Brasil, de 31 de agosto a 27 de outubro de 2013. A abertura será no dia 31 de agosto às 11h e contará com palestra da Prof. Dra. Mariza Bertoli. A mostra é composta por sete trabalhos que fazem uma metáfora da relação peso e leveza coexistindo na vida cotidiana. Insustentável Leveza foi criada durante sua última sessão de residência no Instituto Sacatar e contou com a participação da também residente JAMIE DIAMOND(EUA, 2010).

JOSEPH CAVALIERI (EUA, 2003)Joseph Cavalieri apresenta, até 31 de Agosto, seu trabalho Inside the Bubble na exposição coletiva “Round Hole Square Peg” na Smart Clothes Gallery, New York, EUA. Este trabalho ilustra um pardal de duas cabeças voando por um retrato do ícone drag de Nova York, Lady Bunny, em uma cúpula de vidro pendurada a uma parede.
 

De 31 de agosto a 09 de setembro de 2013 Joseph dará uma oficina sobre suas técnicas de vitrais na Bild-Werk-Frauenau, Alemanha.

LAURI LYONS (EUA, 2008), fundadora e editora da revista online de viagens NOMADS, anuncia a quarta edição da revista, trazendo histórias e imagens de artistas internacionais renomados e jornalistas que passam a vida na estrada: http://issuu.com/nomads/docs/nomads_magazine_no._4

MAJA KLARIC (Croácia, 2012) terminou sua mais nova coletânia de poesia –com inspiração em sua residência no Sacatar– prevista para ser publicada durante o outono pela editora croata VBZ. O prólogo do livro trará uma explicação sobre o significado de seu título, Quinta Pitanga (o antigo nome da propriedade onde está situada a sede do Sacatar). O restante, afirma a escritora, “será explicado através da poesia”…

MYRONN HARDY (EUA, 2002) conta que seu mais recente livro de poesia, Catastrophic Bliss, conquistou o prêmio Griot-Stadler Prize for Poetry. A obra foi indicada para o prêmio por Natasha Tretheway, escritora que possui o título de ‘Poet Laureate of the United States’ e serve aos EUA como poeta oficial da nação. Myronn continua morando em Marrocos.

RITA STASHULIONAK (Bielorússia>Polônia, 2011) está com uma exposição individual na Galeria Sztuzi, em Gdansk, Polônia, desde o dia 18 de agosto. O convite está em Polonês, sem indicação de qual será o último dia da exposição. Para conhecer um pouco mais sobre seus trabalhos (e também para ter uma ideia do grau de complexidade de sua técnica em têmpera de ovo), acessewww.rita.by.