Os artistas são selecionados através de um disputado processo de várias etapas.

O  PROCESSO DE SELEÇÃO DO SACATAR: O Sacatar concede suas residências, levando em consideração o talento do candidato, seu currículo profissional e o projeto proposto. A seleção dos artistas no nosso processo aberto e irrestrito de inscrição ocorre da seguinte maneira:

 

Comitês independentes de pré-seleção avaliam as amostras de trabalho de todos os candidatos. As candidaturas em literatura são avaliadas em Português, Inglês ou em traduções para o Inglês. Os comitês de pré-seleção fazem suas recomendações ao Comitê de Seleção Final.

 

O Comitê de Seleção Final – um grupo interdisciplinar de indivíduos que têm em comum um forte envolvimento com as artes e com a criatividade em geral – revê com cuidado as amostras de trabalho, e avalia os currículos e as propostas dos candidatos pré-selecionados. Levando em conta a qualidade do trabalho submetido, a capacidade profissional dos candidatos e a diversidade dos projetos a serem apoiados pelo Instituto, o Comitê de Seleção Final recomenda de 30 a 40 indivíduos para a residência.

 

Da lista apresentada pelo Comité, os semi-finalistas são entrevistados e a Foundation indica de 15 a 20 artistas por ano, a partir da disponibilidade de espaço, adequação das propostas às metas educacionais do Instituto e a diversidade cultural dos residentes.

Além do nosso processo de seleção aberta, oferecemos residências através de parcerias com outras instituições culturais privadas ou públicas do mundo inteiro. Estas residências, contudo, frequentemente têm limitações a respeito da disciplina artística, idade, nacionalidade ou do país de residência. Na maioria dos casos, a seleção dos artistas é feita em um processo similar ao descrito acima. Em algumas situações, os artistas são nomeados para as residências pelas entidades parceiras.